Alterações na lei dos conselhos nortearam os debates na CMI.

Oposição foi contra a criação da comissão de ética do CTMI

Na sessão desta quinta-feira, 25/04 da Câmara Municipal de Itabaiana – CMI, Sergipe, o vereador Jose virtuoso (SD) lamentou o estado de abandono da barragem do povoado Cajaiba e pediu apoio dos colegas para aprovar a indicação ao prefeito pedindo providencia; Paulo Messias, Escovinha (PMDB) reclamou do regime de dois turnos trabalhados nas repartições do município e anunciou que apresentará requerimento para que o secretário de administração do município vá a Câmara explicar por que alguns servidores trabalham apenas um turno; Roosevelt Santana (PSB) defendeu o projeto de lei 32/2017 que altera a lei 887/98 e cria a Comissão de Ética do Conselho Tutelar do Município de Itabaiana – CTMI, Roosevelt também destacou o trabalho iniciado pela secretaria de agricultura do município para reorganizar a feira livre da cidade; Arivaldo de Resende (PMDB) discordou dos valores salariais pagos aos servidores da Câmara em cargo de comissão e fez questionamentos quanto à aplicação do duodécimo durante a gestão 2013/ 2016.

A vereadora Ivoni Andrade (PMDB) registrou da tribuna sua participação na Conferencia Municipal de Saúde para a Mulher, realizada quinta-feira, 20/04 e parabenizou a secretária Carla Mendonça pela iniciativa. Ivoni fez um resumo dos temas abordados no evento principalmente os vários tipos de câncer que afetam as mulheres.

Na sequencia a vereadora discutiu o PL 032/2017 e contestou a criação da Comissão de Ética do Conselho Tutelar. A vereadora foi contestada pelos colegas Roosevelt Santana e João Candido Sobrinho ambos do PSB.

O líder do prefeito na casa vereador Marcos Oliveira (PTC), em seu pronunciamento afirmou que o projeto de lei 32/2017 decorre da lei federal 12696 que prevê a atualização da legislação em questão e duas resoluções de âmbito federal e estadual que determina a atualização.

Marcos defendeu a aprovação do projeto sem alterações o que ocorreu na ordem do dia por maioria de votos vez que os quatro parlamentares de oposição presentes votaram contra a proposta do executivo.           

Para assistir a integra da sessão desta terça-feira, 25/04 click aqui.

Deixe uma resposta