Eleições 2016. Roberto Bispo aceita desafio de enfrentar Valmir em Itabaiana.

Irmão de Luciano admite conversar com vereador da base do prefeito.

Três vezes secretário municipal nas gestões do irmão Luciano Bispo prefeito, Roberto Bispo acha que está preparado para administrar Itabaiana e aceita o desafio de bater de frente com o prefeito Valmir de Francisquinho, PSC, que busca a reeleição ano que vem. Se autodefine hoje como um pré-candidato.

“Não tenho qualquer receio de enfrentar o atual prefeito. Em torno do gestor de Itabaiana há muito marketing, mas muita falha na gestão”, diz Roberto.

Edson Passos Roberto Bispo  e Moacir

Edson Passos, Roberto Bispo e Moacir Santana

Engenheiro civil, 52 anos, Roberto diz que se for para a eleição em 2016, irá com um extrato bem maior do que o da simples condição de irmão do ex-prefeito e presidente da Alese.

“Nos governos dele, exerci as três Secretarias mais importantes de Itabaiana – Finanças, Obras e Saúde. Conheço a cidade, seu povo e sua realidade. As obras estruturantes de Itabaiana passaram por mim”, diz ele.

Há, no entorno de Roberto Bispo, sempre a ponderação de que ele é fechado e pouco carismático. Roberto se lê um pouco diferentemente e busca compensação no irmão.

“Ao meu jeito, tenho o meu carisma. Mas o estoque maior de carisma da família fica por conta de Luciano, que é a grande liderança de Itabaiana”, diz.

Filiado ao PMDB, o ânimo do pré-candidato Roberto Bispo já cogita até nomes de pré-candidatos a vice-prefeito. “Temos bons nomes, como o vereador David de Nem de Glória, um importante empresário da cidade e até um vereador da base do prefeito Valmir que quer conversar com a gente”, diz Roberto.

“Mas tenho a dizer, ainda, que o meu nome representa integridade e seriedade, qualidades raras neste momento da vida nacional”, diz Roberto.

Ele é diretor-geral da Alese e, se tiver mesmo a intenção de disputar a Prefeitura, tem de deixar o cargo no ano que vem.

Texto: Jozailto Lima

Deixe uma resposta