Falei tá Falado. Itabaiana. Quem será o adversário de Valmir em 2016, Olivier, Arnaldo ou alguém com o “Toddy”?

O PT se anulou para servir a Luciano.

O advogado Olivier Chagas (PT) que em 2011 se aliou ao então prefeito de Itabaiana, Sergipe, hoje deputado estadual eleito Luciano Bispo de Lima (PMDB) e em 2012 foi seu candidato à vice, (perderam a eleição para o atual prefeito Valmir de Francisquinho e sua vice Lurdes Machado) desde então tem se mostrado fiel e leal ao hoje deputado.

Prova disso é que agora em 2014 o PT de Itabaiana retirou o apoio ao deputado Francisco Gualberto para se dedicar de corpo e alma a candidatura de Luciano.

Certamente os petistas liderados por Olivier, considerando que Luciano venha a ser eleito presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe – ALESE aguardam para 2016 algo mais que uma candidatura a vereador ou a vice-prefeito.

Mais que um projeto politico, o sonho de Olivier sempre foi ser prefeito da cidade que lhe viu crescer e onde ele alcançou todas as suas conquistas pessoais e profissionais.

Ocorre que os peemedebistas não demonstram muita simpatia pelo projeto petista, e defendem que o ainda deputado Arnaldo Bispo, que após encerrar o mandato deverá trocar o DEM pelo PMDB, venha a ser o candidato a prefeito numa disputa direta com o atual prefeito Valmir dos Santos Costa (PR).

Não sendo Arnaldo apostam na velha historia de um comerciante rico que tenha o “Toddy” (é assim que eles se referem a dinheiro) para gastar na campanha.

Entendem os lucianistas, que o PT não faz por merecer o ponto mais alto do pódio, por que em termos de estado não tem mais o comando do poder e em Itabaiana encolheu eleitoralmente.

Nas esquinas da cidade onde se discute politica, eleições, e pratica a futurologia eleitoral os lucianistas não tem medo de dizer que o PT se acabou e que um mandato de vereador esta de bom tamanho.

Os mais generosos admitem que Olivier poderá ser mais uma vez candidato a vice, agora de Arnaldo Bispo ou de alguém que tenha o “Toddy”.

Especulações a parte caberá ao PT mostrar unidade, força, tamanho e credibilidade para chegar aonde pretende, e ao deputado estadual Luciano Bispo, como liderança do grupo oposicionista de Itabaiana, conduzir o processo com habilidade para não gerar novas cisões que não raro causam estragos irreparáveis a exemplo do rompimento com a vice-prefeita Lurdes Machado (PSDB) que hoje continua vice ao lado de Valmir e se declara publicamente feliz onde esta e absolutamente convencida de que fez a coisa certa deixando transparecer que Luciano nunca mais.

Falei tá falado.

Deixe uma resposta