Itabaiana. Na sessão itinerante da ALESE Maria cobrou obras e agradeceu a Luciano a iniciativa.

Luciano acusou o prefeito de dificultar a construção do CEASA.  

A Assembleia Legislativa de Sergipe – ALESE realizou nesta quarta-feira, 26/08, a segunda sessão itinerante na gestão do presidente Luciano Bispo de Lima (PMDB).

 A primeira  aconteceu no município de Lagarto ainda no primeiro período legislativo de 2015, agora foi à vez do município de Itabaiana, principal base eleitoral do presidente da casa e de sua adversaria deputada Maria Mendonça (PP). A sessão aconteceu na Câmara de vereadores, Plenário Vereador Olímpio Arcanjo de Santana.

 Nenhum projeto foi discutido ou votado, mas os parlamentares que compareceram a sessão usaram a tribuna para debater temas de interesse da região agreste do estado.

Maria Mendonça (PP) cobrou do governo do Estado providências com relação à rodovia SE 170 nos trechos denominados; Rodovia João Paulo II ligando Itabaiana a Campo do Brito e Rodovia Francisco Teles Mendonça, de Itabaiana ao povoado Candeias em Moita Bonita, conhecidas como “rodovias da morte”. Segundo ela Essa rodovia tem um asfalto que está há mais de 20 anos sem manutenção.

A parlamentar aproveitou a ocasião para reivindicar as obras do PROINVEST no município, como por exemplo, a construção Ceasa. “Nós temos cobrado essa construção para melhorar o centro da nossa cidade, onde o fluxo é muito congestionado, principalmente às quintas-feiras”, pontuou a deputada.

Dentro das obras do programa, para a cidade, ainda está prevista a construção de um Ginásio de Esportes e da rodovia SE 255 (Rota do Agreste) que vai ligar a BR 235 à BR 101 (Itabaiana – Itaporanga D’Ajuda).

Finalizando Maria Mendonça parabenizou o prefeito da cidade, Valmir dos Santos Costa; o governo de Sergipe, pela reforma do colégio Murilo Braga; e o grupo de cultura popular, Chegança Santa Cruz, pela forte representatividade dentro da cultura itabaianense e sergipana.  Destacou que esse ato regimental é válido para o povo itabaianense, uma vez que o município está completando 127 anos da elevação da categoria de vila a cidade, no próximo dia 28, parabenizou sua cidade natal e agradeceu ao presidente, Luciano Bispo por trazer a sessão itinerante ao município de Itabaiana.

O presidente da ALESE deputado Luciano Bispo (PMDB), usou a tribuna durante o grande expediente da sessão itinerante para falar aos seus conterrâneos, e chamar a atenção do trabalho que segundo ele o Governo Jackson Barreto está fazendo por Sergipe e por Itabaiana. “Nenhum outro político fez mais por Sergipe do que Marcelo Déda. Jackson é a continuação do governo Déda e temos de reconhecer que eles fizeram e hoje Jackson faz muito pela saúde do estado, pela oncologia e eu sou um dos que cobra”, disse.

Luciano Bispo relembrou a importância de a ALESE ter aprovado o Projeto de Lei Complementar 08/2015, que autoriza o Governo a usar cerca de R$ 500 milhões para pagamento da folha dos servidores públicos. “Nós demos a resposta que tínhamos de dar. Fomos pressionados, mas resistimos. O Governo vai poder honrar o compromisso de pagar em dia os salários dos servidores”, ressaltou.

Respondendo às cobranças da deputada Maria Mendonça Luciano afirmou que hoje ocupa a presidência da ALESE e procura respeitar igualmente a posição de todos os deputados da situação e oposição. “Eu não corro do problema, me coloco dentro dele para ter condições de atender igualmente às reivindicações. É assim que tenho feito o meu trabalho”, afirmou.

Luciano aproveitou o momento para denunciar ações da administração municipal que, segundo ele, tem dificultado a atuação do governo de Sergipe no município. “Estamos tentando trazer a Ceasa de Itabaiana, mas é preciso que o prefeito Valmir dos Santos Costa (PR), colabore e diminua o valor do IPTU de quase R$ 200 mil”, revelou.

A tentativa do prefeito de Itabaiana Valmir dos Santos Costa, em terceirizar o serviço de agua e esgoto hoje de responsabilidade da DESO, processo suspenso através de liminar concedida nesta terça-feira, 25/08 pelo desembargador do Tribunal de Justiça de Sergipe, Cesário Siqueira Neto também foi duramente criticada pelo deputado Luciano Bispo.

 

Deixe uma resposta