NE NOTÍCIAS: MPF e MPE apuram denúncia de improbidade contra Valmir de Francisquinho.

A investigação é consequência do escândalo da merenda em São Cristóvão e Nossa Senhora do Socorro.

O Ministério Público Federal e o Ministério Público Estadual instauraram no último dia 11 de setembro INQUÉRITO CIVIL para “apurar suposto ato de improbidade consistente em fraude à licitação para aquisição de merenda escolar, com recursos do PNAE e com recursos próprios, no município de Itabaiana”.

PNAE é o Programa Nacional de Alimentação Escolar.

De acordo com a Portaria 23/2015, “Os atos de instrução poderão ser realizados conjunta e/ou separadamente, mediante contato entre os órgãos do Ministério Público”.

A Portaria foi assinada pelo procurador da República Heitor Alves Soares e a promotora de Justiça Claudia do Amaral Calmon.

A instauração do INQUÉRITO CIVIL foi provocada por denúncias feitas pelo empresário Célio França, que prestou depoimento no MPF na manhã do dia 15 de maio deste ano.

Leia mais em NE NOTICIAS

Deixe uma resposta