Operação Carne Fraca. João Cândido provoca na Câmara debate sobre a operação.

Líder do prefeito propõe audiência publica para discutir o tema em Itabaiana.

A operação Carne Fraca da policia federal que investiga frigoríficos do país acusados de irregularidades sanitárias e corrupção, foi tema do pronunciamento do vereador João Cândido Sobrinho (PSB) na sessão desta terça-feira, 04/04 na Câmara Municipal de Itabaiana – CMI, Sergipe.

Cândido se mostrou preocupado com a exposição midiática resultante da operação que provocou prejuízos bilionários a economia nacional a partir dos bloqueios a carne brasileira imposto pelos países compradores.

O vereador chamou a atenção para o desdobramento da crise gerada com a operação da policia federal. Segundo ele ate o pequeno produtor esta sendo afetado uma vez que passou a ter dificuldade de comercializar sua produção de gado, francos, suínos e outros produtos.

Em aparte o primeiro secretário da casa vereador Marcos Oliveira (PTC) propôs que a Câmara Promova uma audiência pública para discutir o tema com a participação de autoridades e técnicos da área como forma de contribuir na solução do problema gerado com a operação Carne Fraca. 

O 2º Secretário da casa, Moises Mota (PR) disse que o comércio também é afetado pelos efeitos dessa operação midiática e questionou a operação da Polícia Federal.

O vereador Jose Roberto (PP) parabenizou o colega e destacou que além da operação Carne Fraca, tem ainda a questão da Operação Lava Jato que investiga as grandes construtoras nacionais.

Zé Roberto disse que como consequência o programa Minha Casa Minha Vida considerado por ele o carro chefe da economia do país parou, trazendo prejuízos inclusive para Itabaiana que registrou crescimento e desenvolvimento com a construção de conjuntos habitacionais no munícipio através do programa e hoje já acusa queda no comercio do setor.

O vereador concluiu seu aparte condenando também a espetacularização protagonizada pela da Policia Federal.

Retomando a palavra João Cândido lembrou também do escândalo internacional da febre Vaca Louca que teve inicio no Canadá e acabou por afetar o Brasil, e só depois ficou provado que o rebanho brasileiro não estava afetado pela febre. Cândido disse que hoje existem restrições às construtoras citadas na Lava Jato e isso tem causado danos à economia com o alto índice de desemprego decorrente da fragilização das construtoras.

Ele finalizou lembrando que a classe politica acaba por absorver o descredito perante a sociedade brasileira sempre que situações como estas se instalam no país ressaltando que existem corruptos e corruptores em todos os seguimentos, e se faz necessário separar pessoas corretas das incorretas.   

 

Deixe uma resposta