Sucessão em Itabaiana. Zé Teles bate no peito e afirma “o vice sairá da casa grande”

O ex-deputado quer a candidatura, e só admite abrir em favor do sobrinho.

O ex-deputado federal Jose Teles de Mendonça (PSC), informou nesta quinta-feira, 25/06 que será ele o candidato a vice-prefeito na chapa a ser encabeçada pelo prefeito Valmir dos Santos Costa (PR) para as eleições de 2016.

O ex-deputado foi taxativo. “O candidato à vice do grupo sou eu”! Mais adiante, Zé Teles admitiu que seu sobrinho Francisco Teles de Mendonça Neto, filho da secretária de educação do município Maria do Carmo Mendonça Andrade poderá substitui-lo, mas descartou a possibilidade da família aceitar outro nome na composição.  Para o ex-deputado isso é fato consumado, “o vice sairá da casa grande”, disse.

Zé Teles argumenta que sendo Valmir o candidato natural do grupo liderado por ele e sua irmã, a dep. est. Maria Mendonça (PP) a reeleição, é natural que o vice seja uma escolha da família.

Com relação aos nomes citados como possíveis candidatos a vice Zé entende que todos merecem respeito, mas o espaço é da família Teles de Mendonça. O ex-deputado reconhece, por exemplo, a habilidade do vereador e secretário de obras Moacir Santana (PR), mas entende a vez é dele ou no máximo seu sobrinho.

Opinião  

O blog entende que por trás dessa historia pode haver uma estratégia para abrir a guarda do adversário, passando a impressão de que Valmir e os Teles de Mendonça poderão se desentender chegando a uma cisão.

 Uma vez rejeitado um possível nome escolhido por Valmir que por sua vez não aceita a ideia de uma candidatura da casa de Chico de Miguel, ânimos acirrados, orgulho ferido, surge a derrotista terceira via facilitando a vida do ainda desconhecido candidato de oposição apoiado pelo deputado Luciano Bispo (PMDB).

Melhor não se iludir, em politica tudo é possível, mas em Itabaiana ainda pode estar longe uma realidade desta, entendemos que isso é um blefe, nem Valmir, nem os teles de Mendonça, querem ser responsável por uma retomada de Luciano e seu grupo a hegemonia local. No final eles se entenderão e quem tiver por perto poderá sair machucado caso não se enquadre.      

 

Deixe uma resposta